Chegou ao fim o reinado de Adriana Macarini na presidência da Câmara de Navegantes

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Passagem de Adriana foi marcada por polêmica - Foto: Divulgação.

Adriana Macarini foi candidata à vereadora em 2020 ao lado do ex-prefeito Roberto Carlos de Souza, foi eleita com 776 votos, pelo PL. Empossada, recebeu os votos necessários para comandar a Câmara de Vereadores de Navegantes em 2021.

Sua passagem foi marcada por polêmicas, cerceamento da fala dos vereadores, além de usar seu esposo como capataz para intimidar parlamentar.

Entre as polêmicas que Adriana passou, está o caso do acúmulo de salários, onde recebeu mais de R$20 mil por mês, esse acumulo aconteceu, quando a então vereadora, insistiu se manter em seu cargo efetivo, onde por diversas vezes foi flagrada no horário que deveria estar no seu cargo efetivo trabalhando, tomando café ou participando de reuniões políticas.

A sua atitude autoritária ficou evidente, onde ela conseguiu prejudicar a sua imagem até com os servidores da educação, que não se sentem representados pela então vereadora, que seria responsável pela articulação para aprovação de um projeto que irá reajustar o vale-alimentação dos servidores em apenas R$10 em 2022.

Adriana terá que lutar bastante para reverter essa má fama que conquistou, caso queira se reeleger em 2024.

Vejam o que repercutiu na mídia sobre Adriana: