Novo parque temático de neve em Santa Catarina será inaugurado em junho

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
A inauguração do novo parque será com entrada gratuita - Foto: Divulgação

Em junho deste ano, será inaugurado em Pomerode, o Alles Park, que tem tudo para se tornar um dos principais destinos turísticos de Santa Catarina com a promessa de neve o ano inteiro.

As obras começaram em janeiro de 2020 e já estão 75% concluídas. Nesta primeira etapa, serão oito atrações em uma mega estrutura com área construída de 5 mil metros quadrados na Avenida 21 de Janeiro, no centro de Pomerode.

O empreendimento terá como carro chefe a Vila da Neve, um ambiente totalmente cenográfico, com escorregadores, iglus, bonecos de neve e muito mais. Por aqui a ideia é fazer o visitante se sentir literalmente como se estivesse em um cenário do inverno europeu.

Na entrada da atração, cada um vai receber uma roupa especial para poder aproveitar a neve em uma câmara fria de mais de mil metros quadrados. “A temperatura lá dentro será de 5 graus abaixo de zero. A produção de neve será com equipamentos australianos, onde obtivemos consultoria de uma empresa especializada na Holanda”, ressalta Cícero Fiedler, sócio do empreendimento.

O Alles Park foi criado para proporcionar aos visitantes experiências únicas num parque rodeado pela mata atlântica e com atrações para todas as idades. O espaço ao ar livre será aberto ao público sem cobrança de ingresso, ou seja, cada um pagará apenas pelas atrações que quiser conhecer.

Além das atividades de neve, muitas outras coisas legais poderão ser feitas aqui. Ao entrar no empreendimento, o visitante vai se deparar com uma grande Vila Germânica, com lojas de artesanatos, gastronomia típica e cervejaria, e outros atrativos e brinquedos.

Estão previstos também o único carrossel do Brasil feito todo de madeira artesanal, o maior circuito de obstáculos infláveis, além de áreas espaçosas com redes suspensas para relaxar. O público vai poder aproveitar ainda um labirinto de espelhos, uma brincadeira relacionada a mineração, e o Wasserwelt, um chafariz com efeitos especiais de águas dançantes, com música e luzes.

“As atrações do parque são predominantemente analógicas, que requerem interação física. A ideia é tirar o visitante do ambiente virtual e tecnológico. Queremos que o público adulto volte a experimentar atividades simples, estimulando as crianças a fazerem o mesmo. O parque temático vai ter ainda muitas outras atrações, todas sem limite de idade”, completa o sócio Cícero Fiedler.

A segunda etapa de obras prevê ocupar o restante do terreno, que tem uma área total de 50 mil metros quadrados. O local contará futuramente com um teleférico que vai ligar o parque ao Mirante do Morro da Turquia, a 450 metros de altura.

No espaço serão oferecidas ainda atividades de ecoturismo como tirolesa, além de outros passatempos como trenó alpino, labirintos de topearia e uma vila das famosas casas enxaimel de Pomerode, que preserva as tradições germânicas em cada cantinho e apresenta com muito orgulho aos visitantes a história da cidade.