Liba realiza reunião com a Recicle após a justiça suspender o reajuste do lixo na cidade

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Imagem/Divulgação

Na manhã desta quarta-feira (13), o Prefeito Liba Fronza e a equipe de governo receberam a Recicle para falar sobre o reajuste da tarifa do lixo, e nessa reunião ouviu a versão da empresa que alegou que está seguindo o contrato onde o reajuste de 15% foi autorizado pela Agência Reguladora Intermunicipal de Saneamento (ARIS).

A prefeitura se posicionou afirmando que apesar de entender regulamentação do aumento, o reajuste não está de acordo com a atual situação que o Brasil vem passando.

Uma nova reunião foi marcada para o dia 19 de janeiro, e nessa reunião o executivo disse que a conversa só irá avançar se a empresa realizar uma negociação.

Com o novo reajuste, os moradores navegantino passaram a pagar R$378, valor esse para lixo residenciais, para empresas e comércios os valores são outros.

Em Itajaí o valor pago em média para coleta do lixo residencial está em torno de R$194, e na cidade vizinha há o serviço de coleta seletiva, coisa que não acontece em Navegantes.

O contrato com a empresa Recicle foi assinado em 2003 pelo então prefeito na época Deba, com um prazo de 10 anos, prorrogado por mais 10 em 2012, na gestão do ex-prefeito Roberto Carlos de Souza.