Servidores públicos ocupam a prefeitura de Itajaí

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Mais de 200 servidores estão em greve - Foto: Divulgação.

Na manhã desta quinta-feira (31), professores e demais servidores públcos municipais resolveram ocupar o prédio público da prefeitura de Itajaí. O ato teve como objetivo de chamar a atenção do prefeito de Itajaí Volnei Morastoni.

Os servidores alegam que a prefeitura realizou descontos ilegais, teve servidor municipal que teve sua folha de pagamento zerada com os descontos aplicado pelo governo.

Em nota a prefeitura de Itajaí disse:

O Município de Itajaí esclarece que na folha de pagamento referente ao mês de março deste ano suspendeu o reajuste de 9,32% aplicado aos salários dos servidores públicos municipais por determinação do Supremo Tribunal Federal (STF). O Município já se comprometeu em repor esse percentual assim que houver uma decisão definitiva sobre o caso.

A Administração Municipal esclarece ainda que nesta folha de pagamento também foram realizados os descontos dos profissionais da Educação que entraram em greve entre os dias 7 e 18 de março. O movimento foi considerado ilegal pela Justiça e o Município fez o desconto de faltas durante o período de suspensão do trabalho. Somente os servidores que aderiram à paralisação tiveram os dias descontados, conforme autorizado em decisão judicial.

O Município de Itajaí lamenta a decisão dos servidores pela greve, que traz inúmeros prejuízos à sociedade, principalmente aos estudantes da Rede Municipal, mas entende que o desconto deve ser feito devido ao contexto em que o movimento ocorreu e em respeito aos servidores que trabalharam neste período.