Nem UPA ou Policlínica; Prédio do Gravatá irá virar Centro de Especialidades

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

Construído em 2013 ainda gestão do ex-prefeito de Navegantes, Roberto Carlos de Souza, oito anos depois o prédio enfim terá um destino.

De acordo com relatos divulgados, o prédio não será utilizado como UPA (Unidade de Pronto Atendimento), ou uma Policlínica como se esperava, mas sim um Centro de Especialidades.

A previsão é que o espaço abra as portas no final de maio, e antes disso a quarta reforma está sendo realizada no local no valor de R$ 82.998,04.