Moradores de Navegantes preparam protesto contra o ferry

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
A manifestação está marcada para o próximo sábado (25) - Foto: divulgação.

Está dando o que falar, o caso da mãe com seu filho autista que ficou impedida com seu carro de sair do ferry até que pagasse, mesmo tendo o direito à gratuidade.

Cansados de tanto descaso, deficientes físicos, mães de crianças especiais resolveram realizar um protesto contra a empresa NGI Sul, responsável pela travessia do Rio Itajaí-Açu, entre Navegantes e Itajaí.

O ato visa chamar a atenção das autoridades, para que a lei que garante a gratuidade das pessoas com deficiência, necessidades especiais, ou pacientes que realizam algum tipo tratamento dialítico ou quimioterápico sejam respeitados e consigam passar sem nenhum transtorno.

Os beneficiários dessa lei afirmam que a empresa vem criando obstáculos e dificultando a passagem dessas pessoas, que acabam sendo obrigadas a pagar para poder atravessar.

O ato estava marcado para às 11h da manhã deste sábado (18), em frente ao ferry, no centro de Navegantes, porém, por conta da chuva, foi remarcado para o próximo sábado (25).