Ford fecha sua fábrica no Brasil e investe na Argentina

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Imagem/Divulgação

Na última segunda-feira (11), o automobilismo brasileiro se surpreendeu com a decisão da Ford Brasil de fechar suas fabricas no país. Fundada em 1919, a centenária afirmou que os motivos do fechamento seria por conta da pandemia da Covid-19, baixa no créditos fiscais e na redução das vendas.

A repercussão foi imediata, o presidente Bolsonaro se manifestou dizendo que a Ford não falou a verdade e que “eles querem mais subsídios”.

A empresa fechou 2020 como sendo a quinta marca que mais vendeu carros no Brasil, com 7,14% do mercado de venda de automóveis novos.

Investimento na Argentina:

O novo foco global da Ford não é novidade, ele foi anunciado em 2018, e será voltado nos investimentos de veículos com maior valor agregado, como SUVs, picapes e utilitários comerciais.

Com o acordo de livre comércio de carros entre Brasil e Argentina, assinado em 2019 fez com que a Ford se aproveitasse do caminho inverso, por não haver imposto de importação sobre os veículos produzidos do lado de lá da fronteira.

O valor de investimento anunciado na  Ford Argentina será de US$ 580 milhões para fabricação da nova geração do Ford Ranger, prevista a partir de 2023. O modelo atual da picape será fabricado em General Pacheco, província de Buenos Aires.

Fonte: G1/InfoMoney