Estaleiro Oceana recebe novo nome para construção das Fragatas

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Imagem/Divulgação

Criado em 2013, o estaleiro Oceana contsruia embarcações offshore de alta qualidade. No total foram oito embarcações, com a nova administração, o estaleiro Oceana passa a se chamar Estaleiro Brasil Sul.

A mudança se dá após a conclusão da compra pela empresa alemã Thyssenkrupp Marine Systems do Brasil. O complexo adquirido será utilizado para a construção de quatro fragatas da Classe Tamandaré para a Marinha do Brasil. As fragatas terão tecnologia naval com base nos navios de defesa classe Meko, que já estão em operação em 15 países. A entrega dos navios está prevista no período entre 2025 a 2028.

Com mais de 180 anos de história, a empresa Thyssenkrupp Marine Systems é uma das líderes navais mundiais, com mais de 104 mil colabores em todo o mundo e cerca de 180 anos de história.

Dr. Rolf Wirtz, CEO da thyssenkrupp Marine Systems comentou: “Com o Estaleiro Brasil Sul, nós temos uma infraestrutura excelente para construir a mais moderna fragata para a Marinha do Brasil. O estaleiro também nos oferece a perspectiva de novos pedidos, não só localmente, mas também em outros países da América do Sul.”

Estima-se que o novo estaleiro deverá fomentar 2 mil empregos diretos e 6 mil empregos indiretos. Na região, fomentando novamente a área naval catarinense.  

Maquete das Fragatas que serão construídas no Estaleiro Brasil Sul, em Itajaí.