Em Navegantes criança autista sofre convulsões após não receber merenda da escolar

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
A mãe teve que fazer a mesma comida pois seu filo fiou vontade de comer polenta com galinha - Foto: Divulgação.

Uma mãe bastante emocionada, procurou a redação do portal Abre Olho Notícias, para relatar que seu filho autista de apenas seis anos de idade não foi chamado para comer a merenda da escolar.

Ele estuda na escola municipal Prof. Vergina Guedes Lemo, localizada no bairro Escalvadinho, em Navegantes. A criança ficou das 12h quando almoçou e foi para escola, até às 19h quando chegou em casa sem comer.

De acordo com as informações da mãe, quando chegou em casa, o menino falou que estava com fome e queria comer polenta com carne moída, o mesmo que foi servido na escola para seus amigos e não para ele.

A mãe procurou a escola e questionou o que houve, onde tentaram justificar que ele teria ficado calado na sala de aula e por conta disso esqueceram de chamá-lo.

A criança foi levada para hospital onde sofreu duas convulsões por conta do stress sofrido na escola.