Em Navegantes, criança autista é impedida de entrar na escola por falta de monitora

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Ela vai entrar na justiça contra a escola - Foto: Divulgação.

As voltas às aulas era para ser um dia de muita alegria e comemoração para o pequeno Fernando de apenas 13 anos, mas infelizmente não foi assim.

Patrícia Pereira divulgou um vídeo onde ela afirma que seu filho que tem autismo leve sofreu descriminação e foi impedido de iniciar as aulas nesta segunda-feira (14). O fato teria acontecido na Escola Municipal Prof. Neusa Maria Rebelo Vieira, localizada no centro de Navegantes.

Após a mãe ter procurado a Secretaria de Educação, a escola teve que tirar de outro aluno uma monitora especial para que o Fernando pudesse participar das aulas.

A mãe afirmou que vai entrar na justiça para que isso não ocorra mais.