Em Chapecó internação por conta da Covid-19 cai após o uso de tratamento precoce

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

Com a redução significativa do número de pacientes afetados pelo Covid-19 em Chapecó, o prefeito João Rodrigues anunciou a desativação de 40 leitos da Enfermaria 2, do Centro Avançado de Atendimento Covid-19 (CAAC), localizada no Centro de Eventos.

O anúncio da desativação foi feito durante live na quarta-feira (31), o prefeito ainda colocou a disposição do Estado caso queiram usar a estrutura para atender Santa Catarina ou o Brasil.

A queda foi comemorada e prefeito adiantou que nenhum equipamento sairá do Centro de Eventos e o local continuará com manutenção e limpeza. Caso Chapecó viva um novo surto da Covid-19, a estrutura estará pronta para ser utilizada novamente. “Nós vamos passar a chave, mas nada sairá daqui de dentro, nem uma cama, nem um travesseiro e tudo ficará guardado como está, tendo manutenção, tendo faxina diariamente”, detalhou.

O CAAC, foi montado no Centro de Eventos de Chapecó, chegou a ter 65 pacientes na Enfermaria e 20 na UTI. A estrutura começou a receber pacientes no dia 24 de fevereiro, num momento em que o Hospital Regional do Oeste (HRO) estava lotado, a UPA igualmente com ocupação máxima.

O prefeito enfatizou todos os esforço e enalteceu o uso de medicamentos utilizados na prevenção contra a covid-19. Na divulgação João Rodrigues não especificou quais medicamentos que foram utilizados, mas chamou a atenção de outros prefeitos para que utilizem esse método.