Deputados catarinenses votaram favoráveis para manter aumento de imposto no leite

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

Nesta terça-feira (19), deputados de Santa Catarina decidiram manter o veto do governador Carlos Moisés (REPUBLCANOS), que reajusta o ICMS que hoje é de 7% para 17% no leite longa vida.

Veto mantido também irá aumentar em 7% nos alimentos e 25% nos vinhos, espumantes e destilados em bares e restaurantes, além do fim do crédito presumido do imposto aos fabricantes catarinenses na saída de farinha de trigo e mistura para a preparação de pães.

Veja como votaram os deputados:

  • Ada De Luca (MDB) – MANTÉM O VETO
  • Adriano Pereira (PT) – MANTÉM O VETO
  • Altair Silva (PP) – NÃO VOTOU
  • Ana Campagnolo (PL) – DERRUBA O VETO
  • Bruno Souza (Novo) – DERRUBA O VETO
  • Coronel Mocellin (Rep) – NÃO VOTOU
  • Doutor Vicente (PSDB) – MANTÉM O VETO
  • Fabiano da Luz (PT) – MANTÉM O VETO
  • Felipe Estevão (UB) – DERRUBA O VETO
  • Fernando Krelling (MDB) – MANTÉM O VETO
  • Ismael dos Santos (PSD) – MANTÉM O VETO
  • Ivan Naatz (PL) – DERRUBA O VETO
  • Jair Miotto (UB) – DERRUBA O VETO
  • Jerry Comper (MDB) – MANTÉM O VETO
  • Jesse Lopes (PL) – DERRUBA O VETO
  • João Amin (PP) – DERRUBA O VETO
  • José Milton Scheffer (PP) – MANTÉM O VETO
  • Julio Garcia (PSD) – MANTÉM O VETO
  • Kennedy Nunes (PTB) – NÃO VOTOU
  • Laércio Schuster (UB) – DERRUBA O VETO
  • Luiz Fernando Vampiro (MDB) – NÃO VOTOU
  • Marcius Machado (PL)- DERRUBA O VETO
  • Marcos Vieira (PSDB) – MANTÉM O VETO
  • Marlene Fengler (PSD) – MANTÉM O VETO
  • Mauricio Eskudlark (PL) – DERRUBA O VETO
  • Mauro de Nadal (MDB) – MANTÉM O VETO
  • Milton Hobus (PSD) – NÃO VOTOU
  • Moacir Sopelsa (MDB) – NÃO VOTOU
  • Nazareno Martins (Pode) – MANTÉM O VETO
  • Neodi Saretta (PT) – DERRUBA O VETO
  • Nilso Berlanda (PL) – NÃO VOTOU
  • Padre Pedro Baldissera (PT) – MANTÉM O VETO
  • Paulinha (Pode) – MANTÉM O VETO
  • Ricardo Alba (UB) – DERRUBA O VETO
  • Rodrigo Minotto (PDT) -NÃO VOTOU
  • Romildo Titon (MDB) – MANTÉM O VETO
  • Sargento Lima (PL) – DERRUBA O VETO
  • Sergio Motta (Rep) – MANTÉM O VETO
  • Valdir Cobalchini (MDB) – MANTÉM O VETO
  • Volnei Weber (MDB) – MANTÉM O VETO