Cãozinho da penitenciária da Canhanduba é encontrado carbonizado

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

O mascote do projeto “reabilitaCÃO” do Complexo Penitenciário da Canhanduba estava desaparecido desde o dia 2 de outubro, ele atendia pelo nome de Negão.

A tutora do Negão na Canhanduba, Bruna Logen, confirmou a morte do cãozinho. O que ajudou na identificação do animal foi a bandana no pescoço que ele sempre usava.

A morte do Negão foi confirmada há cerca de 20 dias, mas como sua tutora estava de férias, só ficou sabendo do ocorrido quando retornou.

Não é o primeiro caso de cachorros mortos próximo do local, mas não se sabe quem está fazendo isso com os pobres animaizinhos.