Balneário Camboriú estuda aplicativo para fazer reserva na areia da praia

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Imagem/Divulgação

A prefeitura do Rio de Janeiro anunciou que começará a testar um sistema de marcação de lugares, por meio de aplicativo, para quem pretende frequentar as praias da cidade. O projeto piloto será feito na praia de Copacabana, apenas de segunda a sexta-feira, quando o fluxo de pessoas é menor.

A ideia é fazer marcações de espaços na praia com fitas, cuja ocupação poderá ser feita de duas formas: 70% deles serão destinados a quem chegar primeiro e os outros 30%, para quem reservar por um aplicativo. Entre esses espaços reservados haverá corredores para o acesso das pessoas e o trânsito de vendedores ambulantes.

De olho no Rio, o prefeito de Balneário Camboriú afirmou que irá acompanhar o projeto piloto e avaliar a possibilidade dele ser aplicado na cidade. Fabrício disse que está em busca de alternativas para evitar a aglomeração, mas até entender o aplicativo, a praia continuará proibida para os banhistas.