Vereador Chero cria vergonha na cara e renuncia à presidência da Câmara

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

Depois de ser preso acusado de diversos crimes Valmir Cezar Francisco (Chero), renúncia à presidência da Câmara de vereadores, o documento está circulando nas redes sociais e será lido hoje à noite na sessão ordinária.

Após passar dias preso em Lages, e usando tornozeleira, Chero desiste da Presidência, mas não do mandato, com um atestado médico colocado estrategicamente um dia antes da prisão, Chero permanece afastado para tratamento de saúde.

O fato é que qualquer cidadão comum não pode ficar recebendo da empresa, passa 15 dias e tem que receber do INSS, deste modo é obrigação do novo presidente mandar Chero buscar seus direitos como todo e qualquer cidadão nas portas do INSS, passar por perícia e tudo mais.

Uma coisa é bem clara, Cirininho pode não querer uma nova votação, mas as informações são de que em caso de vacância da Presidência da Câmara, deve ter uma nova eleição, os olhos da população estão atônitos, resta saber se Cirininho respeita a regra e vai para eleição.

Fato é que suplente não pode votar, neste caso o Badeco está impossibilitado de ajudar a eleger um vereador da base governista, por isso mais uma vez o meio-quilo deve ser chamado para assumir o cargo, é bem possível que Emilio Vieira amargue perder a Câmara nestes últimos meses onde já não resta mais folego para governar.

Às vésperas da leitura do relatório da CPI que pode pedir a cassação do Prefeito pelas alterações no Plano Diretor, as coisas vão de mal a pior para o Prefeito Emilio Vieira, afinal a Secretária de Saneamento foi o palco da corrupção, e pipocam denúncias em outras secretárias.

O ofício foi protocolado no último dia 05, mas a informação só vazou para imprensa hoje (8) segunda feira, o objetivo de Cirino Cabral é impedir a articulação da oposição pegando todo mundo de surpresa.