Vaquinha on-line para vendedor de doces agredido em Itajaí passou dos R$20 mil

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Guilherme estava vendendo alfajor quando foi covardemente agredido pelos Guardas Municipais - Foto: Divulgação.

Em menos de 24h, a vaquinha on-line criada na internet para ajudar o adolescente Guilherme de 17 anos, agredido por Guardas Municipais de Itajaí enquanto vendia doces no centro da cidade, já arrecadou a bagatela R$21.870,94.

O valor arrecadado será destinado para a família do adolescente. Guilherme sonha em ser Sargento do Exército. O vídeo das agressões foi gravado e caiu na rede social, o caso ganhou repercussão nacional.

O pai do garoto já falou que irá processar os responsáveis. Link da vakinha: https://www.vakinha.com.br/vaquinha/ajuda-para-guilherme-e-familia