Unidade de apoio da UTI do Marieta é interditada pela Vigilância Sanitária do estado

Imagem/Divulgação

Vigilância Sanitária do estado de Santa Catarina interditou a UTI da Unidade Padre Pio no Hospital Marieta Konder Bornhausen, em Itajaí, unidade essa que serve como apoio, quando há lotação completa na UTI principal do hospital.

O motivo pelo qual levou interdição está que a unidade Padre Pio não possui estrutura física, equipamentos e equipe profissional compatível com uma UTI, além de não ter sido habilitada pela regulação.

As alterações solicitadas na estrutura para que possa funcionar  custam em média R$ 4 milhões e o hospital alega não ter recurso para realizar as obras solicitadas. Desde setembro, o Marieta não recebe os repasses do Estado pelo uso dos leitos de UTI da unidade Padre Pio, que representam cerca de R$ 200 mil por mês.

Comentários