Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

Sozinha, mulher protesta contra o ferry em Itajaí

Nesta quinta-feira (02), por volta das 18h, Mayara Mendes atrasou em 15 minutos a travessia entre Itajaí e Navegantes. Em contato com Mayara, ela relatou ao portal Abre Olho Notícias que já estava ao menos 30 minutos na fila quando viu um automóvel passar na sua frente, indagada resolveu protestar contra a empresa, a atitude dela foi apoiada por alguns e criticada por outros.

Mayara conta que um funcionário da empresa NGI Sul abriu a porta do seu automóvel e retirou o freio de mão sem sua autorização, mas mesmo assim continuou com o seu protesto. A Polícia Militar foi acionada, porém, eles não apareceram no local.

Após os ânimos se acalmarem, a embarcação realizou a travessia normalmente. Ela conta que utiliza constantemente o ferry e já estava cansada com dessa situação, “que sirva de exemplo e se for preciso farei novamente, pois pagamos caro e merecemos respeito” declarou.

Entramos em contato com a empresa NGI Sul, responsável pela travessia entre Navegantes e Itajaí, mas infelizmente nossas ligações não foram atendidas.