SEMASA vai solicitar retratação da prefeitura de Navegantes após FAKE NEWS

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

Por meio de nota, o SEMASA repudiou a prefeitura de Navegantes, nela o poder público municipal da cidade colocou a culpa da falta de água na autarquia de Itajaí.

Em nota o SEMASA afirma que nunca recebeu nenhum pedido formal por parte da prefeitura e muito menos de qualquer autarquia do município, ainda desconhecem o contrato que eles teriam que enviar 300 litros de água por segundo. Segundo a resposta, o SEMASA vem cumprindo o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) firmado em 2013.

A autarquia afirma que irá solicitar a prefeitura de Navegantes um pedido de retratação, caso não venha ser feita, eles pretendem ingressar na Justiça com ação por danos à imagem da empresa causados pela divulgação de notícias falsas.

Voltou atrás

Após tentarem culpar a empresa de Itajaí, Joab Bezerra responsável pelo SESAN voltou atrás e diz não ter nenhum contrato onde estabelece o fornecimento de 300 litros de água por segundo com o SEMASA. Ele ainda afirma que a SESAN vem cumprindo o acordo judicial, construiu um reservatório no bairro Meia Praia e que até agosto irá começar a construção de um novo reservatório na cidade.

Fake News

Na tentativa de arrumar um culpado pela falta de investimentos na cidade, o SESAN e o poder público municipal jogaram a responsabilidade na autarquia de Itajaí, mas dessa vez o SEMASA não aceitou as inverdades e mostrou de fato quem era o culpado.

Ministério Público

Está na mão do promotor as denúncias sobre o descaso da água no município, com isso ele irá investigar para onde foi o dinheiro da SESAN, se caso ficar comprovado alguma irregularidade, os responsáveis irão pagar.

Indicamos ao Promotor dar uma olhada na licitação de areia e tubulações feitas pela SESAN, talvez vossa excelência possa encontrar algo.