Relatório pede o afastamento de Emílio Vieira

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

Na noite de terça-feira (09), a Comissão Especial de Inquérito instaurada para investigar as alterações efetuadas no Plano Diretor composta pelos vereadores Murilo Cordeiro, Paulo Rodrigo Melzi e Waldelir Guarezi apresentaram o resultado das investigações.

O relator Murilo Cordeiro efetuou a leitura do relatório que foi aprovado pela comissão e pediu que seja instaurado pelo Ministério Público um processo visando identificar os possíveis culpados e penalizá-los.

Pelo fato das audiências públicas terem sido efetuadas na gestão de Roberto Carlos de Souza, e a empresa contratada neste período, o relatório pede que sejam feitas as sanções contra o ex-prefeito e ex-secretário de governo Cassiano Weiss, e por ter enviado e assinado o documento completamente alterado o relatório pede o imediato afastamento de Emílio Vieira e instauração de processo de impeachment.

Os três vereadores já votaram favoráveis ao relatório, sendo que Badeco é da base governista e se comprometeu votar favorável no plenário, com mais quatro votos em plenário, Emílio Vieira é afastado do cargo de prefeito municipal.