Prefeitura de Navegantes entrega apenas 25% da obra do molhe do Gravatá

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

Com oito meses de atraso, foi entregue pela prefeitura de Navegantes apenas a 1º etapa de 70 metros do molhe na foz do Rio Gravatá. Obra que iniciou em novembro de 2018, tinha a previsão que os 70 metros de extensão fossem entregues em fevereiro de 2019, porém só ficou pronta um ano depois.

O valor gasto foi de R$ 470 mil oriundo do Governo Federal. O projeto tem por objetivo minimizar os efeitos do assoreamento da foz do Rio Gravatá e contribuir de maneira natural no engordamento da faixa de areia naquele ponto da praia.

A 2º etapa de 230 metros irá custar pouco mais de R$ 2,5 milhões, no total o projeto do molhe da foz do Rio Gravatá terá 300 metros lineares de molhe. Sem previsão para iniciar a segunda etapa, o prefeito Emílio afirmou que irá buscar junto ao Governo Federal e Estadual, os recursos necessários para conclusão do projeto.

Imagem/Divulgação

Molhe Norte de Balneário Camboriú:

Em Balneário Camboriú está sendo construído um novo molhe no portal Norte da cidade. Em 58 dias foram construídos no local os 300 metros previstos no projeto. De acordo com as informações, o valor total da obra ficou aproximadamente em R$ 2 milhões. A previsão que os serviços no local sejam entregues até dezembro de 2019.

Imagem do projeto do novo molhe norte de Balneário Camboriú. – Foto: Divulgação.