Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

PERIGO: Focos positivos da dengue aumentam em Navegantes assustadoramente

Navegantes apresenta números alarmantes sobre os focos positivos do mosquito Aedes aegypti, mosquito esse transmissor da Dengue, Zica Vírus e o Chikungunya.

De acordo com as informações recebidas, 2.000 focos positivos do mosquito foram confirmados até o momento. O número assusta pois os focos foram encontrados na época de baixa proliferação do mosquito, com as altas das temperaturas, o número pode subir assustadoramente, podendo se tornar uma epidemia, 53 pessoas já foram diagnosticadas com a dengue na cidade. Em fevereiro deste ano, o nosso portal divulgou que Navegantes estava entre as 77 cidades infestadas pelo mosquito.

Segundo o Ministério da Saúde, o número de casos de dengue aumentou 7 vezes mais este ano, comparado com 2018. No total, 591 brasileiros morreram por causa da doença somente em 2019.

O mosquito Aedes aegypti que transmite o Zika Vírus é altamente prejudicial para mulheres gravidas, que ser for picada até ao terceiro mês de gestação, o bebê pode nascer com microcefalia e outros problemas de desenvolvimento.

O setor de epidemiologia que pertence a secretária municipal de saúde, segundo o secretário adjunto Aldo Marques, teve o número de agentes endemias dobrado e foram feitas aquisições de equipamentos.

Sobre os dados que apontam crescimento dos focos, ele afirmou que o número vem sendo reduzido e que tem recebidos “elogios” da secretaria regional da saúde.

Leiam também:

Criadouros:

O Aedes aegypti tem como criadouros os mais variados recipientes que possam acumular água parada, domiciliares e peridomiciliares. Os mais comuns são pneus sem uso, latas, garrafas, pratos dos

vasos de plantas, caixas d’água descobertas, calhas, piscinas e vasos sanitários sem uso. A fêmea do mosquito pode, também, depositar seus ovos nas paredes internas de bebedouros de animais e em ralos desativados, lajes e em plantas como as bromélias.

O que fazer?

  • Evite usar pratos nos vasos de plantas. Se usar, coloque areia até a borda;
    • Guarde garrafas com o gargalo virado para baixo;
    • Mantenha lixeiras tampadas;
  • Deixe os tanques utilizados para armazenar água sempre vedados, sem qualquer abertura, principalmente as caixas d’água;
    • Plantas como bromélias devem ser evitadas, pois acumulam água.
    • Trate a água da piscina com cloro e limpe-a uma vez por semana;
    • Mantenha ralos fechados e desentupidos;
    • Lave com escova os potes de comida e de água dos animais, no mínimo uma vez por semana;
    • Retire a água acumulada em lajes;
    • Limpe as calhas, evitado que galhos ou outros objetos não permitam o escoamento adequado da água;
    • Dê descarga, no mínimo uma vez por semana, em vasos sanitários pouco usados e mantenha a tampa sempre fechada;
    • Evite acumular entulho, pois podem se tornar criadouros do mosquito.