Pela segunda vez o prefeito de Navegantes não cumpre acordo de greve

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

Na última sexta-feira (28), o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais da Região da Foz do Rio Itajaí (Sindifoz), divulgou uma nota afirmando que o prefeito de Navegantes não cumpriu o acordo firmado no mês de abril de 2019, onde na época servidores passaram 21 dias em greve.

Entre os itens descumpridos está a conclusão do novo estatuto do servidor público, que deveria ser entregue no dia 13 de junho ao Sindifoz para avaliação do seu departamento jurídico.

Outro item que foi firmado no acordo diz respeito a revisão da tabela salarial dos servidores. Nesta pauta, o governo manteve a proposta apresentada em 2018 que consistia em uma recomposição das perdas salarias para as categorias que apresentassem defasem. A primeira parcela seria aplicada em maio de 2019, caso o município estivesse dentro do limite prudencial da Lei de Responsabilidade Fiscal.

Pela segunda vez que o prefeito Emílio não cumpre acordo firmado entre a Sindifoz. A greve teria iniciado no dia 13 de março e se encerrado no dia 2 de abril, entre os acordos estavam o reajuste de R$ 50 no vale alimentação.

Imagem/Divulgação

Polêmica:

Na reunião feita no gabinete do prefeito que deu encerrada a greve, o presidente da sindifoz Francisco  Johannsen cantou parabéns, abraçou e beijou o prefeito, que estava de aniversário. Tal atitude revoltou os servidores públicos, que segundo afirmaram só aceitaram o acordo por conta do cansaço.

Pegou mal. Após servidores públicos passarem 20 dias em greve, o prefeito oferece um reajuste no vale alimentação de…

Posted by Abre Olho Notícias on Wednesday, April 3, 2019