PALHAÇADA: Celesc “peita” o PROCON e diz que vai manter o aumento na conta de luz

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Imagem/Divulgação

A Celesc em resposta a notificação recebida pelo PROCON, disse que irá manter o aumento na conta de luz, e segundo eles “não pode a concessionária de energia elétrica simplesmente descumprir suas obrigações, considerando os impactos econômico-financeiros, podendo inviabilizar o atendimento aos consumidores, não aplicando o Reajuste Tarifário Anual homologado pela Aneel, sob pena de violação de suas obrigações legais e contratuais junto à Aneel e ao Poder Concedente, a União Federal”.

O PROCON em uma análise ao aumento que a Celesc estaria efetivando no estado, declarou: “os consumidores passam por um momento delicado devido a pandemia do novo coronavírus, que há cinco meses vem deteriorando a economia mundial”.  De acordo com o Código do Consumidor, a prática de aumento perante toda essa situação é ilegal, já que coloca o consumidor em desvantagem exagerada.

A Celesc ainda pede que não seja aplicada uma eventual multa, visto que “tem agido em cumprimento das obrigações legais e contratuais firmadas com o Poder Concedente.”

Em questionamentos nas redes sociais, consumidores disseram que “não adianta de nada a empresa suspender pagamento de alguns e outros pagarem no lugar”. A pergunta que fica é: que tipo de poder é esse que a empresa tem, que mesmo após receber notificação irá fazer por bem o que quiser?”