Obra da prefeitura poderá levar a falência mais de 27 empresas em Navegantes

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Imagem/Divulgação

A obra na rua José Francisco Laurindo tem ganhado repercussão negativa dos moradores e comerciantes da localidade. Na noite desta quinta-feira (17), o empresário Jean Juliane usou a tribuna da Câmara de Vereadores de Navegantes para relatar a situação que vem passando.

Jean é dono de um posto de combustível, seu fluxo de automóveis no local era de 15 mil por mês, porém, desde de que as obras iniciaram, a movimentação caiu para mais de 90%. O empresário conta que deu férias coletiva para seus 10 funcionários e não terá outro caminho a não ser demiti-los.

Leiam também:

Em seu desabafo, Jean falou que o poder público municipal não informou e nem ouviu os comerciantes do local. Ele ainda criticou os vereadores que votaram favorável ao empréstimo de R$ 19 milhões que permitiu o financiamento da obra.

Jean afirma que já foram até ao Ministério Público para buscar uma solução. Uma das opções levantadas seria interdição parcial e não total como está acontecendo. Ao menos 27 empresas estão sendo afetadas.