Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

O pior da dengue ainda estar por vir em Santa Catarina

Santa Catarina enfrenta uma preocupante escalada nos casos de dengue em 2024, conforme aponta o relatório divulgado pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive-SC). Os dados comparativos entre 31 de dezembro de 2023 e 29 de janeiro de 2024 com o mesmo período do ano anterior revelam um aumento chocante de 646,5%.

A situação é alarmante e tende a se agravar ainda mais, conforme alertam os infectologistas. A expectativa é que o número de casos continue a aumentar, atingindo o pico entre meados de abril e maio, para depois começar a diminuir. Atualmente, Santa Catarina enfrenta um total de 89.590 casos prováveis de dengue, dos quais 27.883 foram confirmados. Além disso, há o registro de 59 mortes suspeitas, das quais 45 já foram confirmadas.

Como evitar a dengue?

Evite qualquer reservatório de água parada sem proteção em casa. O mosquito pode usar como criadouros grandes espaços, como caixas d’água e piscinas abertas, até pequenos objetos, como tampas de garrafa e vasos de planta.

Coloque areia no prato das plantas ou troque a água uma vez por semana. Mas não basta esvaziar o recipiente. É preciso esfregá-lo, para retirar os ovos do mosquito depositados na superfície da parede interna, pouco acima do nível da água. O mesmo vale para qualquer recipiente com água.

Pneus velhos devem ser furados e guardados com cobertura ou recolhidos pela limpeza pública. Garrafas pet e outros recipientes vazios também devem ser entregues à limpeza pública. Vasos e baldes vazios devem ser colocados de boca para baixo. Limpe diariamente as cubas de bebedouros de água mineral e de água comum. Seque as áreas que acumulem águas de chuva. Tampe as caixas d’água.