Mulher é impedida de entrar em agência de sapatão, mas também não pode entrar descalça

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Imagem/Divulgação

No bairro Cordeiros em Itajaí, uma cliente do banco Itaú, foi impedida de entrar dentro da agência por conta do seu sapato, pois a guarda alegava que possuía bico de ferro, mas a cliente negou e disse que a bota seria de PVC e que também já havia entrado na agência outras vezes utilizando o mesmo sapato.

Pois bem, ela retirou os sapatos, mas mesmo assim foi impedida de entrar na agência descalça. Uma moça que presenciou toda a cena se prontificou a ajudá-la emprestando seu calçado para poder entrar no banco.

A cliente em relato disse que a guarda do banco dizia: “não teima, não vais entrar, ou tu trocas o sapato ou tu não vais entrar. Nem descalça tu vais entrar”, então ela pediu para falar com o gerente e a mesma respondeu que o gerente não iria vir e também não a deixaria entrar.

Após todo o constrangimento, ela se apresentou a delegacia e registrou um B.O; segundo a fiscalização do PROCON, a agência agiu de maneira errada, nesse caso, o banco deveria realizar outro tipo de procedimento para revista específica nesse consumidor.