Menina espancada até a morte em SC pode ter sido abusada

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Luna Nathielli Bonett Gonçalves tinha 11 anos e morreu em Timbó - Foto: Divulgação.

O caso da menina Luna Nathielli Bonett Gonçalves de apenas 11 anos espancada até a morte pela mãe chocou toda a cidade de Timbó. O caso aconteceu neste sábado (16), e vem ganhando grande repercussão em Santa Catarina e no país.

A motivação do crime teria sido pelo fato da menina ter ficado sexualmente ativa. A menina teria levado diversos socos e chutes.

A descoberta do crime foi após o padrasto e a mãe caíram contradições alegando que a menina teria caído da escada após tentar resgatar um gato. De acordo com os suspeitos, a menina estava consciente e seguiu realizando as atividades normalmente, até a hora de dormir. A dupla afirmou, no entanto, que, à meia-noite, ela começou a passar mal e chamaram os bombeiros.  

No laudo apontou que as lesões sofridas pela criança eram incompatíveis com uma queda de escada.  Ela tinha diversas lesões internas no crânio, baço, pulmão, intestino e uma laceração na vagina. O rosto da menina também tinha ferimentos.

A Polícia Civil de Timbó também investiga se a menina sofreu violência sexual. A mãe autora do crime e o padrasto seguem presos.