Marinha flagra piloto do Ferry Boat dirigindo a embarcação sem habilitação

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

Na manhã desta sexta-feira (17), a Marinha do Brasil realizou uma vistoria nas embarcações que fazem a travessia na barra do Rio, entre os bairros Porto das Balsas e Barra do Rio, em Itajaí. Na fiscalização foi constatado que o funcionário da empresa NGI Sul que realizava a travessia no local não tinha a carteira para habilitação náutica.

O usuário Luiz Felipe informou que estava na embarcação, quando recebeu a informação dos fiscais que a “Balsa” não poderia sair do local por conta do motorista não ser habilitado. Segundo Luiz Felipe, os fiscais questionaram se a fumaça que era feita pela embarcação incomodava os passageiros, “fiquei em torno de 50 minutos esperando até que apareceu um habilitado no local, perdi o horário que tinha marcado com o dentista” finalizou.

À deriva

Na última quarta-feira (15), a embarcação ficou à deriva no Rio Itajaí-Açu, a “balsa” teve que ser resgatada por um outro barco pesqueiro, a empresa alegou que houve um problema na hélice.

Resposta

Em contato com a empresa NGI Sul, nossa equipe foi atendida pela recepcionista, informamos o motivo da nossa ligação ela disse desconhecer sobre o assunto e que os responsáveis não estavam na empresa no momento.

Opinião

Diante destes fatos, embarcações que colidem, balsa à deriva, e agora o flagrante de que o piloto responsável de realizar a travessia não era habilitado, uma grande insegurança é gerada na população que se pergunta, onde isso vai parar? Tem muito mais questionamentos a ser feito, um deles é sobre a licitação, qual interesse do DETER tem em manter essa empresa da forma que está? Cabe somente indagar o Ministério Público uma atenção nesse caso, para que alguma medida possa ser tomada, caso contrário o pior poderá acontecer.