Manifestação contra a cultura do estupro movimenta Itajaí e Balneário Camboriú

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

Como já divulgado o protesto que aconteceria neste domingo (08) em ambas as cidades, os atos reuniram dezenas de pessoas que vestiam roupas pretas e manifestavam sua indignação contra os casos de estupro em todo o país.

O estopim para a criação desse manifesto foi o caso Mari Ferrer que teve o suspeito de estupro absolvido contra a acusação do crime.

Nos cartazes escritos pelas participantes haviam frases como “O estado opressor é o macho estuprador”, “Se não for nós, por nós não é ninguém”, “Sua primeira casa foi uma mulher; honra e agradece”, “Por mim, por nós e pelas outras”.

Em Balneário Camboriú, o protesto foi na praça Almirante Tamandaré. Houve performances e palco aberto para relatos de abusos e estupro. Cerca de 50 mulheres participaram junto com membros do Movimento Mulheres do Litoral e do grupo Baque Mulher.

Algumas imagens do ato: