Lula deseja vir para Santa Catarina, mas poderá voltar para cadeia antes

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

Após ficar 580 dias preso na sede da Polícia Federal em Curitiba/PR, por ter sido condenado na Operação Lava Jato por corrupção passiva, ativa e lavagem de dinheiro, e liberado após o Supremo Tribunal Federal (STF) mudar o entendimento da prisão em 2º instância, o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva pretende vir para Santa Catarina.

A informação partiu do presidente do Partido dos Trabalhadores catarinenses, que não informou uma data especifica para vinda de Lula.

Leiam também:

Prisão em 2º instância:

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) da Câmara dos Deputados aprovou por 50 votos a 12 o relatório que irá permitir a prisão em 2º instância.

A deputada federal Caroline de Toni (PSL-SC), foi quem apresentou um parecer complementar que modifica o artigo 102 e 105 da Constituição, acabando com o recurso ao Superior Tribunal Federal (STF), e ao Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Com isso o réu poderá recorrer até a 2º instância, depois disso o processo transitará em julgado. Ao mesmo tempo, no Senado, tramita a modificação no Código de Processo Penal (CPP), para que haja possibilidade da prisão em 2º instância.

Se as alterações forem aprovadas, o ex-presidente Lula poderá voltar para a prisão novamente após ser condenado no processo do sítio ou do Instituto Lula.