EX-PREFEITO DE NAVEGANTES conseguiu se livrar da tornozeleira depois de oito dias

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

O ex-prefeito de Navegantes, Roberto Carlos de Souza, através de recurso no Tribunal de Justiça catarinense, conseguiu reverter a medida cautelar que o obrigava a usar tornozeleira eletrônica e a proibição de que ele pudesse exercer qualquer cargo público.

Roberto Carlos, junto com outras 10 pessoas, inclusive seus 2 irmãos (Jonas de Souza e Getulio de Souza), são investigados na operação “Cidade Limpa”, deflagrada no início do mês de novembro que investiga fraudes em licitações nos municípios de Navegantes, Penha e Itajaí. Segundo o Ministério Público de SC, estimou-se que entre 2015 a 2020 o grupo criminoso movimentou somente em Navegantes R$16 milhões.

Apesar da decisão do TJSC, as investigações ainda estão em curso para fins de instrução do processo penal e novos desdobramentos da operação poderão acontecer na cidade.