Jovem de 27 anos que teve seus órgãos doados poderá salvar até 9 vidas

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Imagem/Divulgação

Em meio a uma grande perda, a família da vítima teve a decisão de doar os órgãos de Joice Prampolin Pastre, que infelizmente veio a falecer após sofrer um aneurisma cerebral neste último sábado (12), em Catanduvas.

O coração, os dois pulmões, os dois rins, as duas córneas, o fígado e o pâncreas foram captados pela Organização de Procura de Órgãos (OPO) e distribuídos para o Hospital de Base, Hospital da Criança e Maternidade, Hospital das clínicas em Ribeirão Preto e Incor em São Paulo.

O primeiro receptor de um de seus órgãos foi um rapaz que estava na fila de espera há 3 dias por um coração. Houve a mobilização de pelo menos 20 profissionais, entre cirurgiões, anestesistas, instrumentistas, enfermeiros, técnicos entre outros para a realização do procedimento.

A doação múltipla de órgãos também mobilizou a equipe da viação da Força Aérea Brasileira (FAB). Dois pilotos e uma aeronave foram para o aeroporto de Rio Preto, na tarde deste sábado (12), para realizar o transporte dos demais órgãos.