Foi suspenso o edital para contratação das escolas modulares em Navegantes

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Seriam construídas 23 salas modulares - Foto: Divulgação.

Nesta segunda-feira (10), foi suspenso o edital de licitação que tinha como objetivo a contratação de escolas modulares no município de Navegantes, a suspensão ocorreu após um apontamento de irregularidade feito pelo Tribunal de Contas de Santa Catarina no pregão Nº158.

No parecer do Tribunal, foi apontado que o valor do m² que seria pago pela prefeitura de Navegantes, estava quatro vezes maior que o preço habitual cobrado.

Na comparação, o preço médio m² em Santa Catarina em 2021 de salas modulares é de R$ 2.258,53, já o valor que seria pago pela prefeitura de Navegantes estava em R$ 8.909,94.

Ainda no parecer, os auditores realizaram a comparação com cidades próximas que também fizeram salas de aulas modulares, onde em Porto Belo, o valor pago pelo metro quadrado em 2020 foi de R$2.000,33.

Patrícia Cidral, responsável pela secretaria de Educação, nos informou que o apontamento do TC estaria equivocado, pois segunda ela “as salas modulares contratada pela prefeitura de Navegantes são diferentes e que o preço foi baseado pela tabela do Sinapi, mas para evitar atrasos, achou por bem cancelar o pregão e fazer outro” declarou.

O valor do pregão de Nº158 era de R$ 7.625.394,47, que seria pagos para construção de 23 salas modulares.