Em Navegantes ex-funcionária da Ricardo Eletro está há 4 anos lutando para receber a sua rescisão

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

Com a notícia da decisão judicial decretando falência da Ricardo Eletro, diversos ex-funcionários da empresa que taralhavam na loja em Navegantes ficaram sem receber a rescisão, nem mesmo FGTS teria sido depositado.  

Deyse Tomaz trabalhou na filial da loja em Navegantes por três anos e vem lutando para receber a sua rescisão desde 2018, a justiça chegou a bloquear os bens do fundador da loja de eletro, Ricardo Nunes, mas os anos se passaram e até agora Deyse não recebeu nenhum centavo.

A loja já Ricardo Eletro chegou a ter 30 mil funcionários em todo o país e mais de 1,200 lojas.