Dos 10 jovens mortos no incêndio do CT do Flamengo, dois eram catarinenses

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

Uma triste tragédia marcou essa sexta-feira (08), onde 10 jovens morreram no incêndio no Centro de Treinamentos do Flamengo. As vítimas tem entre 14 e 16 anos de idades, ao menos dois desse jovens eram catarinenses.

Vitor Isaías de 15 anos era natural de Florianópolis, atuava como atacante pelo time rubro-negro. Bernardo Pisetta foi outro catarinense confirmado na tragédia, natural de Indaial, atuava como goleiro.

Segundo relatos, o incêndio iniciou em um ar- condicionado, que logo em seguida deu um curto-circuito em todos os ares-condicionados do CT. Em nota, a prefeitura do Rio afirmou que o alojamento não tinha alvará de funcionamento, em 2017 o local quase foi interditado.