Damares defende licença-maternidade de 1 ano

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

A ministra da Família, Mulher e Direitos Humanos, Damares Alves, defendeu um aumento no tempo de licença-maternidade para homens e mulheres. Em entrevista ao site Uol e ao jornal Folha de S.Paulo, a ministra defendeu que mulheres tenham um ano com os filhos e que os homens tenham três meses.

A declaração foi dada ao comentar sobre a política semelhante na Hungria. Ela participou da Cúpula da Demografia, em Budapeste.

– Políticas públicas no Brasil vão fortalecer a família. A realidade da Hungria é totalmente diferente do Brasil. Que bom que eu fui lá, porque eu descobri que nós estamos anos-luz longe daquilo que nós gostaríamos que fosse feito para a família no Brasil, por exemplo, a licença de maternidade. Na Hungria, são três anos de licença maternidade, olha que incrível – afirmou.

De acordo com Damares, qualquer proposta nessa direção iria enfrentar grande resistência de uma parte enorme da sociedade.

– Defendo mais tempo da mãe com a criança em casa, do pai também. Agora essa é a realidade no Brasil? Não é. Podemos lutar por isso? Podemos. Vamos ter resistência? Muita (…) Para os pais, eu gostaria muito que isso fosse aumentado também. Se a gente pudesse ter para os pais dois, três meses, seria ótimo. Mas olha o problema que a gente vai ter ainda no Brasil para chegar a esse objetivo! A indústria vai reagir, o comércio vai reagir… mas a Hungria conseguiu – destacou.

Via: Plenonews