Cultivo de marisco em Penha pode estar contaminado por falta de fiscalização

Veio a tona na cidade de Penha uma situação que coloca toda a produção de marisco do município em dúvida. Segundo uma denúncia apresentada pelo NSCTV, as bombonas utilizadas como boias nas redes de cultivo de marisco são bombonas de agrotóxicos, as quais não poderiam ser reutilizadas por conta do grande risco de contaminação.

Em fevereiro de 2018, um casal que morava perto de uma residência onde o material contaminado era manipulado ficou doente, com problemas respiratórios. Um médico diagnosticou que o quadro clínico apontava que eles eram vítimas de intoxicação de produto químico inalado, compatível ao ácido clorídrico.

Foram os próprios moradores da Armação em Penha que efetuaram a denúncia, o órgão responsável da prefeitura pela fiscalização afirmou haver falhas e um déficit de funcionários para realizar esse trabalho.

O Instituto do Meio Ambiente (IMA), afirmou enviará fiscais até a cidade para averiguar as denúncias.

Comentários