Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

Corpo encontrado no Canto do Morcego é do advogado desaparecido em Itajaí

O mistério em torno do desaparecimento de Guilherme Kowalsky Dagnoni, advogado de 34 anos e residente na Praia Brava, chegou a um desfecho trágico com a confirmação de que o corpo encontrado no Canto Morcego é, de fato, o dele.

Segundo informações da perícia, os indícios sugerem que a morte de Guilherme foi provavelmente causada por uma queda de altura na trilha. Guilherme estava desaparecido desde a última quarta-feira, 20 de março.