Confusão no hospital de Navegantes termina com pancadaria

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

Na madrugada deste domingo (08), aconteceu uma confusão no hospital de Navegantes. Segundo informações recebidas, tudo começou após o segurança do hospital empurrar um pai que estava querendo acompanhar seu filho no momento que ele era medicado após ter passado mal.

Júlio Cesar Araújo conta que recebeu uma mensagem da esposa para ele ficar com seu filho de seis anos. Chegando no hospital tentou entrar na sala, mas o segurança o impediu e o empurrou, foi então que a confusão começou; após impedir o acesso do pai, o funcionário teria desferido um soco no rosto de Júlio, que teve sua boca cortada e partiu para cima.

De acordo com relatos, essa não foi a única confusão que aconteceu no hospital, Douglas Santos estava no local e testemunhou os fatos e afirma que também foi desrespeitado pelo funcionário, “_Ele estava tratando as pessoas com muita grosseria, e eu presenciei quando o segurança empurrou o pai e desferiu um soco no rosto dele”.

A Redeh Beneficência Cristã confirma o fato, mas tem uma outra versão. Eles contam que o pai queria entrar no hospital junto com a mãe, ao ser impedido ele agrediu o segurança, na confusão ele chegou a danificar a parede do hospital. Segundo a Coordenadora Miriam, foi acionada uma viatura da polícia no local, tanto o pai e o segurança foram para delegacia, logo em seguida ambos foram liberados.