Cidades da região estão infestadas pelo mosquito da Dengue; Navegantes está na lista

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

Com 8 mortes em decorrência da dengue já confirmada em Santa Catarina, outras 9 em investigação, um alerta está sobre o estado. Dos 105 municípios mapeados, 17 deles estão com alto risco de infestação do mosquito Aedes aegypti.

Entre as cidades com alto risco de contaminação está Navegantes, Itajaí, Balneário Camboriú, Porto Belo e Camboriú, cidades essas que fazem parte da região da Amfri.

Já foram confirmados oito óbitos pela doença:

  • Brusque, 81 anos, homem, autóctone
  • Caibi, 72 anos, homem, autóctone
  • Chapecó, 86 anos, mulher, autóctone
  • Chapecó, 73 anos, homem, autóctone
  • Criciúma, 40 anos, homem, importado
  • Itá, 72 anos, homem, autóctone
  • Romelândia, 61 anos, homem, autóctone
  • Xanxerê, 51 anos, homem, autóctone

E há nove mortes em investigação:

  • Ascurra (01)
  • Blumenau (01)
  • Chapecó (01)
  • Guaraciaba (01)
  • Joinville (01)
  • Maravilha (01)
  • Palmitos (01)
  • Seara (02)

A transmissão da dengue acontece durante a picada da fêmea do mosquito Aedes aegypti infectado com vírus. Após a picada, os sintomas podem surgir entre quatro e 10 dias.

Normalmente, a primeira manifestação da dengue é a febre alta (39° a 40°C) de início abrupto, que tem duração de dois a sete dias, associada à dor de cabeça, fraqueza, dores no corpo, nas articulações e no fundo dos olhos. Manchas pelo corpo estão presentes em 50% dos casos, podendo atingir face, tronco, braços e pernas. Perda de apetite, náuseas e vômitos também podem estar presentes.

Ao apresentar sinais e sintomas deve-se procurar atendimento médico para evitar o agravamento do quadro.