Carlos Moisés volta ao cargo de governador de SC após ter sido afastado

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

Nesta sexta-feira (27), o governador de Santa Catarina Carlos Moisés, foi absolvido pelo Tribunal especial de Julgamento no aumento salarial dado aos procuradores do Estado.

Foram seis votos contrários ao afastamento, três votos favoráveis e uma abstenção. Com esse resultado, Moisés volta ao cargo de governador que estava afastado desde o dia 27 de outubro.

  • Contra o afastamento definitivo:
  1. Desembargadora Cláudia Lambert
  2. Desembargadora Rubens Schulz
  3. Desembargador Sérgio Rizelo
  4. Desembargador Carlos Alberto Civinski
  5. Deputado Laércio Schuster (PSB)
  6. Deputado Maurício Eskudlark (PL)

  • A favor do afastamento:
  1. Desembargador Luiz Felipe Siegert Schuch
  2. Deputado Kennedy Nunes
  3. Deputado Sargento Lima (PSL) – a favor do impeachment

  • Abstenção:
  1. Deputado Luiz Fernando Vampiro (MDB)

Respiradores Fantasmas:

Ainda tramita na Alesc (Assembléia Legislativa de Santa Catarina), outro pedido de impeachment no caso da compra fraudulenta dos Respiradores Fantasmas pago antecipadamente a bagatela de R$33 milhões pelo governador.

O caso ainda deve gerar muita dor de cabeça para Moisés, que está loteando secretarias para ter a maioria na Assembléia e assim barrar esse processo.