Caminhoneiro que arrastou moto por 32 km na BR-101 alegou que estava em um sonho

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

Na tarde deste sábado (06), um caminhão em alta velocidade acertou uma moto com duas pessoas na BR-101 em Penha e arrastou ela por 32 quilômetros, e só parou na cidade de Balneário Camboriú.

O motorista que é da cidade de Rio Grande do Sul, em depoimento, alegou que estava em um sonho e não sabe nem o que fez.

Ele confirmou também que estava há muito tempo sem dormir, que fez uso de rebite para ficar acordado e que pode ter usado cocaína e remédio tarja preta.

Segundo o delegado Uiliam Soares da Silva, responsável pelo caso, a Polícia Civil indiciou o motorista por dupla tentativa de homicídio qualificado, porque ele impossibilitou a defesa das vítimas.

O caminhoneiro segue preso e passará por uma audiência de custodia para ver se irá permanecer preso ou não.

Vejam imagens sobre o caso: