BR-470 está fora da lista de prioridades do Governo Federal

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

Uma notícia vinda direto da capital brasileira está repercutindo de forma negativa na região, isso porque a duplicação da BR-470 não está na lista de prioridades do Governo Federal.

A informação veio a tona após vereadores de Navegantes irem até Brasília nesta terça-feira (23). Segundo informações divulgadas, eles estiveram em uma reunião com o Ministro da Infraestrutura e lá foram surpreendido com a notícia, para o governo nesse momento a prioridade é a duplicação da rodovia BR-282.

A BR-470 é conhecida como a “rodovia da morte”, ela está entre as 10 rodovias com maior número de acidentes, sendo 51% deles fatais, resultado de colisões frontais. Isso acontece porque em todo o trajeto a pista é simples e qualquer ultrapassagem é arriscada.

Em 2008 o governo do ex-presidente Lula prometeu que a obra da duplicação seria entregue em 2010, logo depois passou para 2014 e agora para 2022, mas pelo que parece o novo prazo não será respeitado mais uma vez.

No ano passado o então ex-presidente Michael Temer (MDB), realizou um corte no repasse da duplicação da BR-470 no valor R$ 28.000.000,00 (vinte e oito milhões de reais), situação que prejudicou ainda mais o andamento da obra.

Entenda

Para garantir mais segurança e “agilidade”, foi desenvolvido o projeto de duplicação da BR-470/SC, em seu trecho mais crítico. Dividida em quatro lotes, a obra inicia no Porto de Navegantes (km 0,00) e vai até o município de Indaial (km 73,18).

No Lote 1 que vai de Navegantes até Luís Alves, apenas 38% da obra foi concluída até o momento.

Em Santa Catarina a rodovia tem um papel principal para o escoamento da riqueza do Vale do Itajaí, mesmo com tamanha importância que ela tem, 24 anos depois a tão sonhada duplicação custa sair do papel.