Bombeiro comunitário é morto por marido traído em Camboriú, afirma a polícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

A Polícia afirma que o bombeiro comunitário Fernando Seibert Guilland, 27 anos foi morto em Camboriú após uma emboscada. Segundo informações, o motivo do assassinato está ligado a uma possível traição.

– De acordo com a investigação, foi através do whatsapp que Tiago (autor do crime) leu algumas conversas entre sua esposa e o bombeiro, com raiva agrediu a sua mulher, logo em seguida se passou por ela e marcou um encontro com o bombeiro.

– Quando o bombeiro chegou no local combinado, Tiago esfaqueou ele até a morte. Fernando foi socorrido por populares e levado ao hospital Ruth Cardoso, mas não resistiu e morreu no hospital.

– O acusado foi detido na casa da sua mãe horas depois do crime. Após uma audiência de custodia na tarde desta quarta-feira (13), Tiago teve sua prisão preventiva decretada e já está no complexo penitenciário de Itajaí.