BOMBA: Ex-prefeito de Navegantes é condenado pela justiça

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

Roberto Carlos de Souza foi sentenciado pela Eficiente Juíza da 2ª Vara Cível, num dos processos que responde por improbidade administrativa, relacionado com a realização de um contrato no valor de R$ 2.425.000, com a empresa ENGITA.

O Município fez um concurso, exigido pelo Ministério Público da União, para contratação de leituristas, mas mesmo depois de já saber quem passou nesse concurso, resolveu contratar esses mesmo leituristas pela empresa particular, dessa forma, trazendo prejuízo ao erário, pois esse trabalho poderia ser feito diretamente por funcionário público por um preço final muito menor. O município foi citado em 2013 e injustificadamente não apresentou defesa.

Segundo consta na sentença, Bob teria conscientemente dilapidado o patrimônio público e enriquecido terceiros, no caso da empresa Engita.

Nesse processo foi condenado ao pagamento de 2 vezes o valor pago pela contratação dos leituristas no contrato de prestação de serviços 115/2011 (multa + valor do contrato) e também a suspensão dos direitos políticos por 3 anos.

Agora Bob Carlos está fora da disputa eleitoral, não pode se candidatar a nenhum cargo eletivo, está impedido de votar e de ser votado e de habilitar-se a qualquer candidatura e também não poderá ser nomeado para cargos públicos não-eletivos.