Bolsonaro quer privatizar os presídios e fazer os detentos trabalharem para pagar os custos

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

Em buscas de soluções para acabar com a superlotação dos presídios brasileiros, o governo Bolsonaro está com um projeto que visa privatizar essas unidades, onde o detento possa trabalhar para reduzir a sua pena.

O trabalho será uma opcional, onde o presidiário tem dois grandes incentivos para optar pelo trabalho. O primeiro é que reduz a pena, a cada três dias trabalhados é um dia a menos na prisão. O segundo é que ele recebe uma remuneração, que não pode ser menor que um salário mínimo. Com parte desse dinheiro, ele vai ajudar a manter o sistema, pagando por hospedagem e alimentação.