Bolsonaro lamenta o assassinato do bebê de 29 semanas

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

Em uma mensagem publicada em sua rede social, na noite desta quinta-feira (23), o presidente Bolsonaro lamentou o aborto realizado na menina de 11 anos gravida de 29 semanas, que foi violentada em Santa Catarina pelo irmão de 13 anos.

Ele usou a imagem de uma bebê de 25 semanas, alegando que o que fizeram foi um assassinato. Ele ainda afirmou que a menina de 11 anos foi vítima de grupos pró-aborto.

Vejam a mensagem:

– A única certeza sobre a tragédia da menina grávida de 7 meses é que tanto ela quanto o bebê foram vítimas, almas inocentes, vidas que não deveriam pagar pelo que não são culpadas, mas ser protegidas do meio que vivem, da dor do trauma e do assédio maligno de grupos pró-aborto.

– Sabemos tratar-se de um caso sensível, mas tirar uma vida inocente, além de atentar contra o direito fundamental de todo ser humano, não cura feridas nem faz justiça contra ninguém, pelo contrário, o aborto só agrava ainda mais esta tragédia! Sempre existirão outros caminhos!

– Abaixo, a foto de uma criança com 25 semanas. O bebê, que é mais vítima dessa tragédia, tinha 29.