Avião que pedia a prisão do Lula não foi bancado pelo empresário Luciano Hang

Imagem/Divulgação

Neste final de semana um avião de propaganda sobrevoou a praia de Balneário Camboriú e Itapema com a frase “Lula ladrão seu lugar é na prisão”.

O boato teria se espalhado que a ideia teria partido do empresário Luciano Hang, ferrenho defensor do presidente Bolsonaro, mas de fato partiu da própria empresa de mídia aérea. De acordo com informações apuradas, o valor investido foi na faixa de R$ 2,5 mil.

Sem ser filiado em algum partido, o responsável pela faceta disse que tomou essa atitude por conta da “impunidade no Brasil”. O empresário ainda relatou que após a repercussão, recebeu contatos de todo o país e que, em breve, deve repetir a ação.

Vejam o vídeo do avião: 

Comentários