Às véspera de atos pró-governo, reforma administrativa do Bolsonaro é aprovada

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou a reforma administrativa do governo do presidente Jair Messias Bolsonaro. Nela a (MP) 870/19 reduzia o número de ministério de 29 para 22.

A mudança dos deputados do “centrão” foi decisiva para que a MP870/19 fosse aprovada, o assunto estava engavetado desde janeiro, com a pressão de atos pró-governo marcada para dia 26 de maio, os deputados resolveram se posicionar favorável a reforma administrativa.

A votação do texto base aconteceu de maneira simbólica, ou seja, sem o registro dos votos dos deputados. Com aprovação na câmara, a matéria será encaminhada para o Senado e tem que ser aprovada até o dia 3 de junho, quando perde validade.

Deputados vs Moro

A votação mais importante da noite foi a discussão sobre se Coaf ficaria ou não na mão Ministro Sérgio Moro. Por 228 a 210, os deputados optaram em retirar o Coaf do Ministério da Segurança e Justiça Pública e colocar no Ministério da Economia.